Dúvidas sobre arbitragem - AI Estevão Tavares Neto
Arbitragem

N

 

Pergunta de Flávio Luís - Niterói/RJ.

a) Quais seriam os motivos religiosos possíveis e previstos para se colocar numa regra de jogo de xadrez a impossibilidade de anotar a partida?

As Leis de Xadrez procuram abordar o máximo de possibilidades possíveis. Isto não significa que venha a ser utilizado, mas pelo menos está previsto e se ocorrer o árbitro está respaldado para proceder de acordo com o que está escrito.
Meu entendimento é que como o assunto é tratado genericamente não cabe ao árbitro entrar no mérito. Se algum dia ocorrer comigo não vou ficar pedindo ao jogador que detalhe qual seria o motivo religioso. No máximo solicitarei que ele faça a revindicação por escrito e aí reduzirei o tempo de reflexão dele durante todo o torneio.

b) Que quantidade de minutos pode ser deduzida do tempo de reflexão do jogador? Não seria melhor escrever assim: uma quantidade de tempo será "reduzida" do tempo do jogador?!

Talvez na tradução acabou ficando a palavra "deduzida". Considero que "reduzida" é mais claro, porém as duas palavras sinônimas.
Quanto à quantidade de tempo a ser deduzida, o critério é do árbitro. Por exemplo: na 5ª edição da Copa Itaú em 2001 havia um enxadrista, André Cajal, que se recuperava de problemas cardiológicos, tremia muito, e então por motivos físicos não poderia anotar. Desta forma o árbitro principal, Marius van Riemsdijk e eu, árbitro adjunto do certame, optamos por reduzir em cada rodada 10 minutos do tempo dele.

c) Outra dúvida é a respeito da anotação das partidas. Tive dificuldade para entender como se processa a anotação das mesmas apenas lendo o artigo 8 (notações das partidas). Senti falta de exemplos a cada item do artigo e não consegui entender como se faz para anotar uma tomada de peça "em passant".

O artigo 8 das Leis de Xadrez cita apenas a questão da notação (ou anotação), porém você encontra com mais detalhes e explicações claras no Apêndice E, que vai de E1 a E12. No E8 cita que a tomada de peça "en passant" (com "n" e não "m") deve ser axb5 e.p., por exemplo.
Talvez você não tenha as leis completas com os apêndices. Veja na seção "Regras" do Clube de Xadrez ou na página do BCX, as leis traduzidas pelo AI Antônio Bento, de Brasília, tanto a tradução dele em português como o original em inglês.
 

Envie sua dúvida sobre arbitragem