Informações finais do 78º Campeonato Brasileiro Absoluto
Boletins Por newton Quarta-Feira, 21 de dezembro de 2011

N

 

 
23/12 (17h10) - Conforme informado, o GM Rafael Duailibe Leitão, Elo 2626, sagrou-se na última terça-feira, de forma invicta, campeão brasileiro individual absoluto de 2011, com 9 pontos em onze possíveis. A competição foi disputada no Hotel Dann Inn Cambui, na cidade paulista de Campinas, apresentando a seguinte classificação final:
 
 
 
Rafael Duailibe Leitão
 Campeão: GM Rafael Leitão, com 9 pontos - na 14ª participação o quinto título  - todos invictos - e este com os mesmos 9 em 11 do Rio de Janeiro/97. Um dos ilustres convidados, vinha de sua pior campanha em Finais de Campeonato Brasileiro, a do ano passado em Americana, quando terminou em 7º lugar.  Líderou de ponta a ponta, de forma isolada a partir da quarta rodada. Foram sete vitórias: MI Diego Rafael Di Berardino, GM Felipe El Debs, MF Haroldo Cunha dos Santos Junior, MI Evandro Barbosa, GM Krikor Mekhitarian e os MFs Yago Santiago e Paulo Jatobá- e quatro empates com os GMs Giovanni Vescovi,  Everaldo Matsuura, Alexandr Fier e Henrique Mecking.
 
 
 
 
Alexandr Hilário Takeda Sakai dos Santos Fier
Vice-campeão: GM Alexandr Fier, com  8,5 pontos - o campeão invicto de Guarulhos/95 é o 46º vice-campeão brasileiro, também sem derrotas. Assumiu a vice-liderança na sétima rodada, sustentando-a até o final. Empatou nas duas primeiras, com Mecking e com  Di Berardino. Na sequencia, alternou vitórias e empates com El Debs, Vescovi, Haroldo, Matsuura, Evandro e o campeão. Venceu as três últimas: Krikor, Yago e Jatobá.
 
 
 
 
 
Henrique Costa Mecking
3º lugar: GM Henrique Mecking, com 7 pontos - o outro ilustre convidado, campeão no Rio de Janeiro/65 aos 13 anos e São Paulo/67 aos 15 retornou após 44 anos. Perdeu para Vescovi na 7ª rodada e distanciou-se do sempre-líder Leitão, deixando a segunda colocação para Fier, com quem empatou na primeira rodada. A igualdade prevaleceu também em seus embates com Jatobá, Krikor, Haroldo, Matsuura e Leitão.
 
 
 
 
Felipe de Cresce El Debs
4º lugar: GM Felipe El Debs, com 6,5 pontos - completando o "G4" que qualifica para a Final de 2012, GM Felipe El Debs foi o 4º colocado, sua melhor participação no certame até aqui. Quatro derrotas, duas consecutivas - para o campeão e para o vice - e depois para o 3º colocado e para Krikor, e um único empate, com Vescovi.  
 
 
 
 
 
Krikor Sevag Mekhitarian
5º lugar: GM Krikor Sevag Mekhitarian, com 6 pontos - em sua sétima participação repete a colocação do ano passado, em Americana. Empatou com Matsuura e Mecking; perdeu para Evandro, Di Berardino, Leitão e Fier.  
 
 
 
 
 
 
 
Diego Rafael Di Berardino
6º lugar: MI Diego Rafael Di Berardino, com 5,5 pontos - décima participação em 11 edições. Empatou com Fier, Vescovi e Evandro. Perdeu para Leitão, Yago, Mecking e El Debs.

 
 
 
 
 
 
Everaldo Matsuura
7º lugar: GM Everaldo Matsuura, com 5,5 pontos  20ª participação, foi o recordista de empates na prova: Vescovi, Krikor, Evandro, Leitão, Fier, Jatobá e Mecking. Perdeu para Di Berardino e El Debs.
 
 
 
 
 
 
 

8º lugar: MI Evandro Barbosa, com 4,5 pontos  - o estreante da edição derrotou  Vescovi e Krikor e empatou com Haroldo, Matsuura, Yago, Jatobé e Di Berardino. 
 
 
 
 
 
 
 
9º lugar: GM Giovanni Vescovi, com 4,5 pontos - desde 93, na segunda das 14 participações, não conhecia outra colocação que não a de campeão ou de vice. A pontuação foi construída na única vitória (na 7ª rodada) sobre Mecking e nos empates com Matsuura, Leitão, Fier, Yago, Di Berardino, El Debs e Haroldo. 
 
 
 
 
 
 
10º lugar: MF Yago Santiago, com  4 pontos  - repete a colocação de Americana/2009. Ganhou de Jatobá, Di Berardino e Haroldo. Empatou com Vescovi e Evandro. 
 
 
 
 
 
 
 
Paulo Jatobá Reis
11° lugar: MF Paulo Jatobá, com 3,5 pontos  - outro que repete a colocação anterior, em Americana/2010. Ganhou de Vescovi e Haroldo. Empatou com Mecking, Matsuura e Evandro. 
 
 
 
 
 
 
 

12º lugar: MF Haroldo Cunha dos Santos Junior, com 1,5 ponto  retornou à competição após 11 anos e logrou três empates: Evandro, Mecking e Vescovi.